Cursos/Inscrições

Encontram-se abertas as inscrições para os seguintes cursos do ano 2017 (2º semestre):


Cursos para Bombeiros, Técnicos de Protecção Civil, Técnicos de Emergência Médica, Equipas de Salvamento, etc...

Cursos (Nível Operador):
  • Curso SLR/C - Socorro em locais remotos/catástrofe (10 e 11 junho, Valongo)
  • Curso STPC - Salvamento técnico por cordas (11, 12, 13 agosto, Valongo)
  • Curso RIT - Equipas de intervenção rápida (19, 20 agosto, Valongo)
  • Curso BSCU - Busca e salvamento em cheias urbanas
  • Curso CDVP - Condução Defensiva de Veículos Prioritários
  • Curso AEM - Abate Estratégico com Motoserra
  • Curso EEC - Escoramentos de Estruturas Colapsadas (24, 25 junho, Peniche)
  • Curso RCR - Rapid Car Rescue 
(temos disponibilidade de cursos pós laboral e também acompanhamento individual de técnicos (cursos individuais) mediante consulta.

Cursos (Nível Técnico):
  • Curso SEC -Salvamento em canyoning
  • Curso BREC - Busca salvamento em estruturas colapsadas (21 a 27 agosto, Peniche)
  • Curso SEM - Busca e salvamento em montanha
  • Curso CSR - Salvamento em grutas e minas 
  • Curso WTR - Wind turbine rescue 
  • Curso CUF - Care under fire
  • Curso HR - Heli abordagem e recuperação 
(temos disponibilidade de cursos pós laboral e também acompanhamento individual de técnicos (cursos individuais) mediante consulta.

Cursos para empresas...

Cursos (Nível Operador):
  • Curso TBS - Técnicas básicas de socorrismo (consulta)
  • Curso TE - Técnicas de extinção de incêndios (consulta)
  • Curso TC - Técnicas de cordas (consulta)
Cursos (Avançados/reciclagens):
  • Curso TBS - Técnicas básicas de socorrismo 2 (consulta)
  • Curso BI - Brigada de incêndio 
  • Curso TA - Trabalho em altura
(temos disponibilidade de cursos pós laboral e também acompanhamento individual de técnicos (cursos individuais) mediante consulta.
Temos condições especiais para grupos.

(informamos que as datas dos cursos podem ser alteradas, por motivos operacionais até 24 horas antes do inicio dos mesmos)
Introdução
O curso consiste técnicas de socorrismo adaptadas a situações onde o socorro possa estar distante, demorado ou mesmo indisponível, locais de difícil acesso e progressão.
Esta situações podem ser atividades de ar livres em zonas remotas, países pouco desenvolvidos ou mesmo qualquer local após uma situação de desastre ou catástrofe.
Objetivos
Formar equipas capazes de responderem a situações de emergência em locais remotos, em zonas de catástrofes e países pouco desenvolvidos. Também adaptado a monitores de desportos de natureza e guias de montanha.
Conteúdos
Definição de ambientes remotos (AR);
Comparação entre socorro em AR e Urbano;
Enquadramento legal e ético;
Reconhecer o fator psicológico e emocional do socorro em AR;
Descrever as preocupações com doenças infeciosas em AR;
Identificar as vacinações necessárias em AR;
Picadas de insetos e mordeduras de cobras;
Identificar as etapas do cenário;
Discutir a importância de determinar o mecanismo da lesão;
Descrever o acesso ás vítimas nas seguintes situações: salvamento em água, gelo e autossalvamento;
Identificar os procedimentos para mover as vítimas feridas;
Identificar os procedimentos para extração de uma pessoa ferida de local difícil;
Explicar como procurar ajuda durante uma emergência;
Listar as diretrizes para a evacuação;
Suporte Básico de Vida;
Explicar a importância da realização de uma avaliação pormenorizada e sistemática;
Organizar a avaliação do cenário;
Identificar e descrever as etapas da avaliação inicial;
Usar mnemónica para obter o historial da vítima;
Avaliar sinais vitais e realizar um exame físico;
Saber como realizar avaliação permanente de uma vítima;
Sistema de triagem de catástrofes (Multi-vitimas) .
Carga horária: 16 horas (SEM PRÉ REQUISITO) 
Propina: 150€

Introdução
O curso consiste técnicas de cordas para operações de salvamento vertical onde são abordadas as técnicas de pequeno e grande ângulo e sistemas de tirolesas.
O curso é totalmente baseado nas metodologias internacionais de salvamento conforme normas NFPA e permite no final o operador estar capacitado a elaborar os sistemas mais comuns de salvamento sem riscos operacionais.
Objetivos
Formar equipas de salvamento vertical em ambientes urbanos e de baixa montanha, com capacidades de utilização de técnicas de corda, como o baixo e grande ângulo.
Formar equipas de emergência internas em empresas com estas necessidades.
Conteúdos
Filosofia do Técnico de salvamento
Segurança do Técnico de salvamento
Planeamento e gestão de incidentes
Comunicações e comandos verbais
Considerações médicas
Equipamento individual e de equipa
Manutenção de equipamento
Equipa de salvamento método "PIGRIG"
Verificações de sistema e segurança
Nós e equipamentos técnicos
Sistemas de ancoragem
Aplicação de bipés e tripés
Sistemas de subida e descida
Sistemas de tensionamento e vantagens mecânicas
Auto subida e descida na corda
Passagem de nós e obstruções de corda
Cuidados com a vítima e preparação da vítima para ser movimentada 
Maca em grande ângulo
Maca em baixo ângulo
Tirolesas (simples e complexas)
Desvios de corda
Carga horária: 30 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO DE SOCORRISMO)
Propina: 265€

Introdução
O curso consiste técnicas de intervenção rápida a cenários de fogo ou colapso, vem da metodologia dos bombeiros Americanos onde coloca a segurança e salvamento dos próprios operacionais em primeiro lugar, utiliza o material disponível na viaturas urbana (VUCI), para efetuarem essas operações, tendo como principal objetivo o treino de sobrevivência a situações difíceis para os operacionais.
Contem todas as técnicas de salvamento por fachada para equipas urbanas.
Objetivo
Capacitar os operacionais de equipas de combate a incendio urbanas e efetuarem operações mais seguras e com capacidade de efetuarem o seu autossalvamento. Capacitarem a usarem técnicas de extração de vitimas por fachada por meios de cordas e escadas.
Conteúdos
Norma NFPA Nível 1 e 2 
EPI e EPR
Filosofia de segurança
Objetivo das equipas RIT- N1/2
Nós de ancoragem básicos
Técnicas para transpor obstáculos e entradas difíceis
Técnicas de progressão em locais difíceis
Saídas em emergência por mangueira, corda e escada
Técnicas de libertação da estrutura
Salvamentos por fachada de edifício
Pedidos de ajuda (LUNAR)
Operações com Moto-disco
Abertura de acessos em parede
Movimentações de cargas
Estabilizações rápidas de carga
Transportes de vítimas e substituição de EPR
Aberturas de portas e portões
Transporte de equipamentos 
Exercício final de «Salvamento» (Nível 1 e 2) 
Carga horária: 16 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO INICIAL DE BOMBEIRO)
Propina: 150€


Introdução
O curso consiste técnicas de intervenção a cenários de cheias e inundações urbanas conforme normas internacionais apostando das regras da segurança individual e coletiva.
O material utilizado é básico em normalmente disponível em qualquer viatura urbana (VUCI).
Objetivo
Formar elementos capazes de responderem a situações de cheias urbanas.
Capacitar os operacionais de técnicas simples e seguras de intervenção.
Conteúdos
Filosofia do Técnico de BSCU
Hidrologia de cheias e inundações
Flash floods
Perigos e riscos em cheias urbanas
Planeamento e gestão de incidentes
Comunicações e comandos verbais
EPI-WSAR
Buscas e salvamento em cheias
Botes remados em cheias
Trowbags (cordas de salvamento aquático)
KIT FIREHOSE (mangueira de incêndio)
Sistema rápidos de cordas
Natação defensiva e ofensiva
Salvamento em carros
Salvamento em habitações
Carga horária: 30 horas (PRÉ REQUISITO-SABER NADAR)
Propina: 265€


Introdução
O curso consiste no modulo de escoramentos do curso de BREC, onde se trabalha tecnicamente a parte de escoramentos de estruturas a sua sinalização e conhecimentos de tipos de colapsos.
Destinado e equipas de emergência de 1º intervenção que tenham de estabilizar estruturas para procederem a salvamentos.
Objetivo
Formar operacionais para intervirem em casos de colapsos e riscos de colapso, com técnicas de escoramento com madeira.
Capacitar a trabalhar em ambientes de risco com todas as avaliações de risco, segundo modelos internacionais.
Conteúdos
Edifícios e tipos de colapso
Sinalização INSARAG e FEMA
Maquinaria e corte
Escoramento de porta/janela
Escoramento vala
Escoramento Tipo I, II e III
Escoramento de planos inclinados
Escoramento paredes (RACKS)
Carga horária: 16 horas (SEM PRÉ REQUISITO) 
Propina: 150€


Introdução
O curso consiste em desencarceramento de viaturas mas como primeira resposta ou resposta sem o normal equipamento hidráulico, utilizando um ferramenta de fácil aplicação e transporte "HI LIFT" muito utilizada nos USA e que se torna uma mais valia devido não não necessitar de pressão hidráulica, ar ou electricidade, pode ser transportada para locais de difícil acesso por um único operador e operada.
Uma ferramenta para entidades que não possuem viatura (VSAT) mas podem operar sem esse custo...
Objetivo
Formar elementos de equipas de resposta rápida a desencarceramento.
Capacitar os operacionais a efetuarem desencarceramento em locais remotos com meios manuais.
Conteúdos
Tipos de viaturas e procedimentos
Sinalização
Equipa de salvamento "HI LIFT"
Reconhecimento
Acesso de socorrista
Estabilização
Abertura de acessos com "HI LIFT"
Levantamentos com "HI LIFT"
Estabilizações com "HI LIFT"
Afastamentos com "HI LIFT"
Extracção
Carga horária: 16 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO SOCORRISMO - TAT, TAS)
Propina: 150€

Introdução
O curso consiste na formação de uma das especialidades em salvamento técnico por cordas mas virada para a vertente aquática de praticantes de canyoning, é um aprofundar das técnicas de salvamento, focando o trabalho em desfiladeiro e cascatas para as equipas que tenha necessidade de intervir neste meio. 
Conteúdos
Filosofia do Técnico de salvamento em ambientes de SEC
Segurança do Técnico de salvamento
Planeamento e gestão de incidentes de SEC
Comunicações e comandos verbais
Considerações médicas em SEC
Equipamento individual e de equipa de SEC
Hidrologia e meio ambiente de águas bravas
Perigos em águas bravas
Natação em águas bravas
Nós e equipamentos técnicos para SEC
Sistemas de ancoragem e pré salvamento
Sistemas de subida para salvamento
Sistemas de tensionamento e vantagens mecânicas
Cuidados com a vítima e preparação da vítima para ser movimentada 
Operações de corda em falésia e garganta
Carga horária: 70 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO DE SOCORRISMO, FORMAÇÃO DE CORDAS E "SLR")
Propina: 350€

Introdução
O curso consiste na formação completa para equipas de intervenção a acidentes graves ou desastres onde são ministrados todos os módulos de busca e salvamento em estruturas colapsadas sub as linhas de orientação do INSARAG e FEMA para equipas "Ligeiras" e "Medias".
O curso decorre em durante 7 dias para poder treinar os elementos em autonomia operacional, tornando o cenário mais semelhante com ao real, utilizando mesmo tendas de missão.
Conteúdos
Definição de USAR e tipologia das equipas
Normas e regras INSARAG e FEMA
Triagem estrutural
Considerações de segurança
Estratégias de busca e localização
Equipamento, ferramentas e acessórios
Técnicas de salvamento vertical básicas
Tipos de colapsos e avaliação estrutural
Busca e salvamento em espaços confinados
Movimentação e carga e estabilizações rápidas
Escoramentos tipo I,II,III, RACKs, porta/janela, planos inclinados e valas
Desobstrução e abertura de acessos com maquinaria
Logística e acampamento USAR
Exercício final com simulação a catástrofe sísmica

Considerações Finais
Duração 70 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO DE SOCORRISMO, FORMAÇÃO DE CORDAS E "SLR")
Propina: 350€



Programa do curso:
Filosofia do Técnico de salvamento em ambientes de SEM
Segurança do Técnico de salvamento
Planeamento e gestão de incidentes de SEM
Comunicações e comandos verbais
Considerações médicas em SEM
Equipamento individual e de equipa de SEM
Clima e meteorologia de montanha
Progressão em terrenos de neve e gelo
Perigos e riscos
Nós e equipamentos técnicos para SEM
Sistemas de ancoragem e pré salvamento
Sistemas de subida para salvamento
Sistemas de tensionamento e vantagens mecânicas
Cuidados com a vítima e preparação da vítima para ser movimentada 
Operações em neve e gelo
Carga horária: 70 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO DE SOCORRISMO, FORMAÇÃO DE CORDAS E "SLR")
Propina: 350€


Programa do curso:
Legislação rodoviária,
Domínio das situações de trânsito,
Previsão e deteção de situações.
Controlo de veículo,
Domínio do veículo,
Condução comentada,
Práticas em situação real em parque de manobras, em abordagem em curva, travagem com e sem ABS e ultrapassagem.
Carga horária: 10 horas (PRÉ REQUISITO-Carta de Condução)
Propina: 120€


Programa do curso:
Equipamentos moto manuais
Dispositivos e acessórios
Procedimentos e funcionamento
Conservação e manutenção
Proteção individual
O equipamento de proteção individual (EPI)
Adequação e utilização do EPI ao trabalho a realizar
Constituição e funcionamento da motosserra
Manutenção e conservação
Utilização da motosserra nas operações florestais
Equipamentos e ferramentas auxiliares e acessórias
Segurança, higiene e saúde no trabalho florestal
Riscos mais frequentes e graves
Medidas de prevenção fundamentais
Movimentação manual de cargas
Fatores a ter em conta com a utilização da motosserra
Arranque da motosserra
Métodos
Escolha da motosserra
Critérios de selecção e decisão de abate ou corte
Abate
Cortes
Traçagem, riscos associados
Árvores enganchadas
Carga horária: 16 horas 
Propina: 150€
Grupo mínimo 6 formandos

Programa do curso:
Estrutura de Bombeiros, GIPS, ICNF e Afocelca
Viaturas e tipologia
Orientação, relevo e meteorologia
Comunicações radio em TO florestal
Incêndio florestal e seus comportamentos
Técnicas de combate com agua
Técnicas de combate sapador
Situações de emergência
Meios aéreos no combate
Heli transporte e evacuação
Carga horária: 70 horas
Propina: Sob Consulta

Introdução
O curso consiste na formação de uma das especialidades em salvamento técnico por cordas mas virada para a vertente da espeleologia e seus praticantes, é um aprofundar das técnicas de salvamento, focando o trabalho dentro de grutas e minas, para as equipas que tenha necessidade de intervir neste meio. 
Conteúdos
Filosofia do Técnico de CSR
Introdução as cavidades
Topografia de cavidades para fins de salvamento
Fases do acidente
Material de espeleo
Vivac em cavidade
Técnicas de progressão vertical
Técnicas de progressão em espaços confinados
Técnicas de extracção com maca em Grutas
Contra pesos
Técnicas de vertical para horizontal
Cuidados com a vitima em cavidades
Carga horária: 70 horas (PRÉ REQUISITO DE FORMAÇÃO DE SOCORRISMO, FORMAÇÃO DE CORDAS E "SLR")
Propina: 350€

Programa do curso:
Aerogerador e seu plano de emergência
Pontos de extracção
Kits de emergência da maquina
Salvamento em espaços confinados da maquina
Salvamento com os Kits da maquina
Extracção pela escada interior
Extracção pelo alçapão
Extracção da frente
Extracção da parte superior exterior
Abordagem para Heli extracção
Carga horária: 70 horas (PRÉ REQUISITO-STPC ou equivalente e SOCORRISMO)
Propina: 350€


Introdução
O curso consiste técnicas de cordas para acesso a locais de difícil acesso por instalação linhas de vida provisorias, devida instalação e progressão dentro dos modelos internacionais existentes.
Objetivos
Formar operacionais com a capacidade de instalação de linhas de vida provisorias.
Capacitar os elementos a progredirem em cordas dentro dos modelos segurança internacionais.
Capacitar os elementos a realizarem trabalhos em altura por suspensão em arnês.
Conteúdos
Filosofia de segurança
Avaliação de trabalho a executar
Equipamento (EPI e EPC)
Manutenção de equipamentos e inspeção.
Seleção de ancoragens e sua instalação
Progressão vertical
Progressão horizontal
Fracionamentos
Movimentação de carga em altura
Autossalvamento
Carga horária: 30 horas
Propina: 265€


Introdução
Devido ao atual risco das sociedades, vimo-nos obrigados a estar preparados para reagir a situações de ameaças a nossa integridade física, este curso em baseado na identificação de um risco atual da europa e para nos dar algumas ferramentas para melhor reagirmos.
Objetivos
Formar elementos da sociedade civil para reagir de forma segura a situações de ameaça, assalto, roubo, terrorismo, etc.
Capacitar os elementos a lidarem com situações de stress provocado pelas ameaças.
Capacitar a reagir de forma segura a situações de ameaça, assalto, roubo, terrorismo, etc.
Capacitar a lidarem com ferimentos provocados por armas ou bombas.
Conteúdos
Enquadramento do risco (ameaça, assalto, roubo, terrorismo)
Gestão de stress emocional
Técnicas de comunicação
Técnicas de defesa pessoal
Fuga e camuflagem
Traumatismo associados aos riscos identificados
Técnicas de socorrismo para as situações descritas
Carga horária: 8 horas
Propina: 80€